Blog de Marketing Digital

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS POR E-EMAIL

Psicologia das cores: Um guia para melhorar a conversão em seu site

Você sabia que a psicologia das cores é capaz de aumentar a taxa de conversão do seu site? Realmente as cores são capazes de fazer uma grande diferença na eficiência do site e existem pesquisas que sustentam essa teoria.

Talvez você não saiba, mas as cores têm o grande poder de transmitir ideias e fortalecer projetos, reforçando os sentimentos evocados pelas frases e formas da estratégia estabelecida.

As cores utilizadas em suas campanhas de marketing são capazes de gerar emoção, impactando cada pessoa que recebe a mensagem de uma maneira, seja de forma positiva ou negativa. É por isso que muitas empresas investem tempo e recursos no estudo da psicologia das cores. Vale destacar que essa é área do conhecimento que pesquisa a maneira como nosso cérebro se comporta diante de informações captadas visualmente.

A psicologia das cores não pode ser definida como uma técnica exata e precisa para o marketing, já que sua interpretação pode ser variada. No entanto, a técnica pode sim ser utilizada nas estratégias de conversão, uma vez que os detalhes visuais relacionados aos anúncios do site de sua empresa serão percebidos por seus potenciais clientes de alguma forma, podendo impactar diretamente na decisão de compra.

Neste post você entenderá mais sobre a psicologia das cores e como elas podem melhorar a conversão em seu site.

1) O que significa a psicologia das cores

Quando nossos olhos enxergam e percebem determinadas cores, eles automaticamente se comunicam com nosso sistema nervoso e ativam no sistema endócrino a liberação de determinados hormônios responsáveis por alterar humor, emoções e comportamentos. Justamente por isso é que a cor está tão relacionada com a psicologia.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Winipeg, Canadá, mostrou que de 62% a 90% da relação do cliente com um produto é baseada apenas nas cores. Desta forma, compreende-se que a psicologia das cores está totalmente ligada às memórias e sensações. O que também significa que tal percepção das cores poderia estar totalmente relacionada com a identificação, associação e compreensão de um determinado interesse.

Existe um conceito de neuromarketing que diz “Se uma boa cor vende, a cor certa vende melhor”. É por isso que grandes empresários e marcas famosas estão sempre aprimorando seus conhecimentos sobre a psicologia das cores, com o objetivo de utilizar tal técnica para aumentar o número de leads e de conversões.

2) Equívocos sobre a psicologia das cores

A verdade é que, no marketing, a psicologia das cores tem como objetivo trabalhar a persuasão, algo que pode realmente trazer resultados significativos.

Para você ter uma ideia, nem mesmo imagens ou palavras-chave são capazes de mexer tanto com as emoções das pessoas como as cores. Assim, de uma maneira geral, as cores influenciam a todos. E elas têm o poder de alterar humores e influenciar decisões.

Entretanto, muitos empresários e analistas de marketing não compreendem exatamente a importância das cores para os negócios e como elas podem impactar os resultados, tanto positivamente quanto negativamente também.

A ideia predominante, e equivocada, para a maioria dos profissionais é que se pode usar a psicologia das cores para manipular ou enganar clientes. Contudo, esse não é o foco da estratégia. Por exemplo, não é porque os meninos, quando crianças, gostam de azul, que toda a sua campanha deve ser voltada para tal tom, visando o sucesso da mesma. Ou porque dizem que vermelho dá fome, que esta deve ser a cor da logomarca do seu restaurante.

As sensações causadas pelas cores dependem, na verdade, de vários fatores que muitas vezes não podemos controlar. O que deve-se fazer, então, neste caso, é utilizá-las de forma estratégica, de acordo com as suas características.

3) Por que a cor importa?

Talvez você ainda não tenha entendido o porquê das cores serem tão importantes para aumentar a taxa de conversão de seu site. Então, aqui nós explicamos melhor.

Novamente, ressaltando, as cores simplesmente definem o modo como vemos as coisas que estão em nossa volta. O nosso cérebro simplesmente está programado para interpretar o mundo de acordo com as cores que vemos, ou seja, é essa percepção que vai nos fazer ter determinadas visões, sentimentos e sensações em relação ao mundo.

Já quando falamos especificamente sobre conversões e sites, existem alguns fatores que farão você entender melhor porque a cor realmente importa.

  • As cores tornam o site mais atrativo – Isto é, dependendo da paleta de cores utilizadas, elas farão os seus visitantes se sentirem atraídos;
  • As cores mudam a percepção da marca – Há uma razão para as marcas escolherem uma determinada paleta de cores e trabalharem incessantemente por meio de todos os canais de comunicação para consolidarem aquele design, como o Facebook que optou pelo azul, ou o McDonald’s que escolheu as cores vermelha e amarelo. Isso significa que as cores mudam o modo como percebemos uma determinada marca, gerando maior reconhecimento e autoridade;
  • Além disso, as cores trabalham nossa memória, como já mencionado no exemplo acima, fazendo com que nos lembremos dela por conta de suas cores e design.

4) Boas práticas em CTAs

A conversão está diretamente relacionada ao CTA, não é mesmo? Através do famoso “call-to-action” que você convida o visitante de seu site a tomar uma ação, seja para preencher um formulário de contato, baixar um material gratuito, solicitar um orçamento, entre outras opções.

Em relação aos CTAs, a importância das cores é criar uma área de destaque/contraste, de modo a indicar ao visitante a ação desejada.

O PayPal, que é um sistema de pagamento de referência em todo o mundo, utiliza todos os seus botões de destaque em azul, inclusive o botão de “Login”. O mesmo acontece com o marketplace Mercado Livre, um dos maiores e-commerces do mundo, onde seus botões de “Comprar” e “Adicionar ao carrinho” também são em azul.

A cor azul, nesse sentido, representa principalmente responsabilidade, confiança e segurança. São boas características que todo negócio gostaria de passar, não é mesmo?
Portanto, o segredo nesse sentido é fazer testes A/B e ver quais são as cores que melhor performam com seu público-alvo.

5) Escolha sua paleta

Que tal finalizar esse post com a escolha da paleta de cores para sua marca, ou site de vendas? Para dar uma forcinha, abaixo listamos as principais cores e as quais qualidades e características elas estão associadas. Confira:

  • Branco: pureza, paz, plenitude, inocência, bem, vida;
  • Preto: elegância, poder, mistério, luto, destruição, mal, morte;
  • Amarelo: felicidade, alegria, luz, fé, cordialidade, positividade, concentração, sabedoria;
  • Verde: natureza, saúde, cura, esperança, crescimento, progresso, consciência;
  • Vermelho: paixão, sangue, energia, ação, perigo, animação, calor, força, fome, urgência;
  • Azul: calma, responsabilidade, confiança, frio, quietude, competência, nobreza, lealdade;
  • Laranja: amizade, energia, animação, positividade, imaginação.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a importância da psicologia das cores para gerar mais conversões e a quais características as cores estão associadas, é hora de escolher a paleta ideal para o seu negócio.

Uma dica é sempre tentar harmonizar cores complementares, monocromáticas e análogas, por exemplo. O Adobe Color é uma boa ferramenta para fazer isso, pois você seleciona um tom e ele sugere combinações para determinadas cores.

Com as cores certas, certamente ficará muito mais fácil organizar a disposição do layout e design do seu site, e-commerce, landing page e até mesmo da vitrine virtual da sua loja. No mais, o ideal é usar sempre o bom senso, utilizando cores que sejam positivamente persuasivas e que gerem sempre a melhor experiência para o cliente. Além disso, não tenha medo de testar, pois a psicologia das cores realmente pode ser muito benéfica para o seu negócio. Boa sorte!

Meu nome é Fernando Barcellos, Gerente de Projetos de Marketing Digital aqui na Primesoft.

Espero ter ajudado seu negócio com as dicas apresentadas!

Caso queira esclarecer alguma dúvida ou tenha sugestão de novos conteúdos, entre em contato conosco, será um prazer lhe ajudar.

Bons negócios e até a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse em seu e-mail?

Preencha o formulário abaixo para receber nossos conteúdos e torne-se um membro da comunidade PRIME!
Informe o seu nome.
Informe o nome da empresa.
Informe um e-mail válido.