Blog de Marketing Digital

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS POR E-EMAIL

Criação de sites para empresas – qual tecnologia contratar?

A presença digital vem se tornando cada vez mais valorizada e aproveitada pelo mercado consumidor. Dados divulgados pelo próprio Google apontam que 64% dos consumidores pesquisam online antes de comprar, independente do produto a ser adquirido ou do canal utilizado para realizar a compra, seja presencial ou online. Isso pode ser um fator positivo ou negativo para o seu negócio, dependendo de como sua empresa prepara-se para receber este potencial cliente.

Outro dado que tem despertado muita nossa atenção como empresa de soluções digitais e comunicação, é o fato da utilização de ferramentas de buscas (a exemplo do Google e Bing) mesmo para negócios locais. Segundo dados da ComScore, 80% dos consumidores usam mecanismos de busca para encontrar empresas locais.
 
Diante de tamanha importância que o mercado consumidor tem atribuído à internet, preparamos o presente post, que tem por objetivo a apresentação de soluções disponíveis no mercado para criação de site empresarial. Se você é empresário, ou trabalha no departamento de marketing de uma empresa que esteja em processo de planejamento / concepção de um novo site, você PRECISA ler este artigo, pois foi escrito para você!
 
 

O que precisa ser levado em consideração na Criação de Site para Empresa?

Para facilitar a organização deste post, separei 4 tópicos que julgo imprescindíveis de serem analisados antes de iniciar o desenvolvimento de um novo site. Estes tópicos certamente não irão esgotar o tema, haja vista que há muitas variáveis envolvidas, mas já devem lhe ajudar a decidir que rumo seguir.
 
Vamos começar?
 
 

1) Tecnologias disponíveis

Atualmente há muitas tecnologias disponíveis no mercado para criação de sites. Basta você pesquisar no Google pelo termo CMS (Custom Management System ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) para ter acesso a uma infinidade de soluções. Para citar algumas, você provavelmente já ter ouvido falar do WordPress, Joomla!, Drupal, Blogger, Bitix, dentre outros. Além destes CMS tidos como “puros”, ou seja, voltados exclusivamente para gestão de conteúdo digital, você também já deve ter ouvido falar do WIX, uma plataforma visual de criação de sites. O WIX não é considerado um CMS puro, apesar disso, pouca diferença faz essa definição, sendo esta mais uma alternativa para criação do site de sua empresa. Dada a larga fatia de mercado tanto do WordPress quanto do WIX para criação de sites, focarei a argumentação nestas duas soluções.
 
WordPress ou WIX - quala melhor solução?
 
Em suma, o WordPress é uma solução open-source (gratuita e de código aberto) e o WIX é uma solução paga (apesar de ter preços muito competitivos), que oferece um plano experimental gratuito. Com qualquer uma destas alternativas, você mesmo conseguiria formatar um site para sua empresa. Ambas exigem um conhecimento básico de internet, apesar do WIX ser uma solução mais preparada para o usuário com baixa / nenhuma qualificação em programação web.
 
O WordPress, em contrapartida, é a plataforma mais utilizada na atualidade, dominando cerca de 70% do mercado mundial de sites, segundo dados da OpenSource CMS. O painel do WordPress é abastecido com um arsenal de mais de 40 mil plugins de fácil instalação, como o caso do Yoast SEO, um plugin gratuito para melhorar o SEO (Search Engine Optimization – posicionamento em buscas orgânicas) de seu site, ou o WooCommerce, que transforma seu site em WordPress em loja virtual, pronta para vender. Há ainda inúmeras outras possibilidades, como plugins de integração ao PagSeguro para processamento de pagamentos, integração aos Correios para cálculo de frete, integração com redes sociais para compartilhamento de conteúdo e até plugins para deixar a edição do WordPress tão fácil como no WIX, como é o caso dos editores visuais Visual Composer e Live Composer.
 
 

2) Design customizável e Responsivo

Além da tecnologia, você deve preocupar-se com a customização do desing de seu site, afinal de contas, sua empresa provavelmente já possui identidade visual bem definida, com logomarca, estilos e cores. Retratar esta identidade visual em seu novo site deve ser imprescindível para o êxito do projeto, dado o investimento em marketing (anúncios on/offline, branding, papelaria…) que sua empresa tem feito e já realizou no passado.
 
Design customizável e Responsivo
 
Em ambas as soluções (WodPress / WIX) você encontrará uma grande quantidade de templates visuais para customização de um site para sua empresa. No WordPress, inclusive, há uma infinidade ainda maior de possibilidades, para você baixar de forma gratuita, ou pagando por algo de melhor qualidade.
 
Outro aspecto que você PRECISA ficar atento é em relação ao desing responsivo, ou seja, a capacidade do site ajustar sua interface conforme o dispositivo utilizado para acessá-lo. Isso quer dizer que seu site deve possibilitar boa navegação quando for acessado celular, no tablet, laptop ou computador convencional, sem nenhuma restrição ao usuário. Em relação a este assunto, além de melhorar a experiência do visitante em seu site, o fator de responsividade é essencial para um melhor posicionamento em ferramentas de busca como o Google, haja vista que este fator tem grande peso na definição de posicionamento em buscas orgânicas.
 
 

3) Ser encontrado pelo Google é tão importante quanto ter um site

De nada adianta desenvolver um site para sua empresa se os seus clientes não conseguem localizá-lo no Google. A ferramenta de busca tornou-se praticamente um “guru da internet”, de tal forma que: se não apareceu no Google, é porque não existe! Apesar da frase ser um pouco exagerada, um bom posicionamento no Google é essencial para que você perceba resultados a partir do desenvolvimento de seu site. Ao criar um site empresarial, seu objetivo, mesmo que indireto, deve ser aumentar as vendas da empresa; do contrário, esse investimento não teria propósito justificável.
 
Neste quesito em especial, o WordPress é muito mais bem equipado que o WIX. A plataforma foi moldada ao longo dos anos para melhor desempenho / posicionamento em buscas orgânicas e há uma série de plugins que auxiliam neste objetivo. Por mais que o WIX ofereça algumas ferramentas para gerenciar aspectos básicos da melhoria de SEO on-page, é incontestável que o WordPress está muito à frente neste quesito.
 
 

4) Equipe Qualificada: aqui vai o detalhe mais importante!

Como informado no começo desta publicação, com a facilidade de acesso à informação e a ampla quantidade de tecnologias disponíveis para desenvolvimento de sites, qualquer pessoa com um computador a sua frente consegue criar um site com pouquíssimo investimento e alguns dias de trabalho. Seja utilizando o WIX ou através do WordPress, você mesmo pode criar um site para sua empresa.
 
Apesar disso, a qualificação e experiência da pessoa / empresa que irá desenvolvê-lo faz TODA a diferença entre ter um site somente para constar em seu cartão de visitas, ou um site capaz de gerar reais oportunidades de negócios. Por este motivo, sempre recomendo o desenvolvimento de sites por profissionais da área, especializados na criação de sites que encantam pela sua facilidade de uso, retratam a imagem de uma marca e implementam boas práticas de SEO, visando bom posicionamento em ferramentas de busca.
 
Seja qual for as necessidades de sua empresa para o desenvolvimento de um novo site, tenha em mente que um novo site não precisa ser mais uma despesa. Com uma assessoria adequada, o investimento em novo site pode ser seu primeiro passo rumo ao mercado digital, em franco crescimento no Brasil e no mundo!
 
 
Meu nome é Fernando Barcellos, analista de marketing Digital aqui na Primesoft.
Espero ter conseguido esclarecer alguns de seus questionamentos.
Caso você tenha alguma dúvida, ou queira acrescentar algo, deixe seu comentário logo abaixo, terei o enorme prazer de respondê-lo prontamente.
 
Até a próxima!
 
 

Quer receber mais conteúdos como esse em seu e-mail?

Preencha o formulário abaixo para receber nossos conteúdos e torne-se um membro da comunidade PRIME!
Informe o seu nome.
Informe o nome da empresa.
Informe um e-mail válido.